18/02/2015

voltando a postar, o porquê de eu acreditar em aliens e A Semana Louca

eu nem sei como voltar a escrever sem me sentir 1 patética 2 infantil 3 idiota. soaria tão falso eu vir com hey olha vamos falar sobre aliens. então eu decidi começar escrevendo que vou dizer motivos de fazer isso?? tu pensa em um mundo a alguns milhões de anos atrás e caraca essa porra era um nada. faz sentido? era um espaço em preto que de repente se torna O Universo e plau nascem os humanos. e o mundo se torna essa bagunça que é hoje. depois de muito tempo, certo, mas se torna. a terra é um lugar onde muitos animais se adaptaram ao meio em que podiam. existem os peixes, as sereias, os golfinhos, as baleias, animais da água, que com o tempo se fizeram animais aquáticos, porque eu duvido muito mas muito mesmo que eles surgiram adaptados ao mar. biologicamente falando, eramos uma espécie de peixe que com o tempo evolui e acaba sendo meio que um macaco, mas não de certo um macaco (perdão eu vi uma ilustração no livro de biologia). e a humanidade foi assim se fazendo e lindamente pisando no solo e já fazendo merda pra caralho. os aliens, que mesmo no planeta deles não tenha água e oxigênio, quem disse que eles precisam? sabe, são questões, eles são seres um milhão de vezes mais interessantes e inteligentes que nós e com certeza dão seu jeito de viver (((qualé)
ou como eu disse o blablabla todo, eles se acostumaram num ambiente sem essas condições que para os homens e mulheres são "essenciais". (carne não é essencial, e eles dizem ser certo? bando de adulto assassino)
eu tenho outros motivos para acreditar fielmente que os nossos queridinhos existam, mas eu to com uma puta mistureba na minha cabeça agora. e na verdade eu fiquei tentando fazer esse post a semana inteira e eu ia de um canto a outro da casa vagabundiando sobre ets. quem disse que a vida é fácil?
e como de sempre, eu to frustada porque tenho médico quinta. feliz? não.
esse foi o vanilla anna e eu espero que sua cabeça não tenha explodido com tanta informação.

Nenhum comentário: